Atividades da vida diária

Atividades da Vida Diária – Roupa

Nesta área pretende-se munir os utentes do CRNSA de autonomia no tratamento da roupa pessoal.

São aprendidas formas de distinguir e, se necessário, marcar as várias peças de roupa. Este dado é fundamental para que a pessoa cega possa escolher e combinar as várias peças no momento de se vestir, possibilitando a criação de uma imagem segundo o seu gosto.

São também aprendidas técnicas para cuidar e manter a roupa em boas condições. Destacam-se a utilização do ferro de passar evitando queimaduras, deterioração da roupa ou até incêndios e a realização de pequenas tarefas de costura com o auxílio de agulhas devidamente adaptadas.

 

Atividades da Vida Diária - Competências Socias

Nesta área pretende-se munir os utentes do CRNSA de autonomia em diversas atividade da vida diária que de alguma forma envolvem uma relação com o meio social. As aprendizagens aqui feitas são por isso de grande importância, não só do ponto de vista da independência do sujeito, mas também do ponto de vista da sua integração social e da preservação da autoimagem e da autoestima.

As aprendizagens são variadas e podem ser feitas através de treino em contexto real ou através de simulações. São cobertas áreas que vão da alimentação (comer de forma correta e autónoma), uso do relógio e telemóvel, escrita a negro (saber assinar documentos e escrever pequenos textos), reconhecimento do dinheiro e utilização do multibanco.

 

Atividades da Vida Diária – Cozinha

Nesta área pretende-se munir os utentes do CRNSA de autonomia na preparação e confeção de alimentos com segurança, assim como de algumas noções base sobre equilíbrio e gestão alimentares.

O primeiro passo da aprendizagem é o reconhecimento e organização do espaço e dos instrumentos de cozinha. É fundamental para a pessoa cega que todos os instrumentos tenham um sítio específico e que estejam sempre devidamente arrumados. Sem organização, torna-se praticamente impossível a execução de tarefas com segurança.

Depois, ao longo de várias sessões, são aprendidas técnicas para confecionar com segurança os alimentos. Cada aula dedica-se a uma técnica culinária: cozer, fritar, estufar, etc.

Fazem também parte da aprendizagem tarefas como pôr a mesa, lavar a louça e manter o espaço em ótimas condições de higiene.